17 maio 2012

Venha conhecer o nosso novo Blog!
Muito mais bonito, interativo, moderno e muito mais conteúdo pra você!



Obrigada por nos visitar!

Beijos
Marcella Garcez

Te vejo lá...

09 maio 2012

Para Inaugurar a nossa loja virtual faremos um sorteio pra você, que está sempre nos acompanhando!
Cadastre e concorra a essas duas cestas com produtos da natura para a mamãe e o bebê!


08 maio 2012


Exercícios durante a gravidez reduzem riscos para mãe e bebê


Um estudo feito na Universidade Federal de Pelotas mostra que a atividade física reduz em até 30% as chances de um nascimento prematuro.

"Rafael é um bebê cheio de saúde. Ele é ativo, grande, gordinho, uma benção para nós, afirma Melissa". Um garotão! Nasceu depois de uma gravidez tranquila. O que, para Melissa, não é sinônimo de ficar parada!
"Fiz caminhadas e depois hidroginástica. A hidroginástica eu fiz até umas duas semanas ou três semanas antes dele nascer", conta. Os benefícios dessas atividades foram além do que essa mamãe imagina.

Um estudo feito na Universidade Federal de Pelotas, no Rio Grande do Sul, mostra que a atividade física reduz em até 30% as chances de um nascimento prematuro.
Os pesquisadores acompanharam mais de quatro mil bebês nascidos em 2004 mulheres, e concluíram: os exercícios físicos protegem contra a hipertensão, que pode levar à prematuridade. Também combatem fatores de risco, como ansiedade e depressão. E tem mais vantagens ainda:
A mulher que é ativa durante a gestação ela tem menos dor nas costas, ela tem menos chance de incontinência urinária no pós-parto, ela tem um humor mais estável ao longo da gestação, o ganho de peso é mais normal. A mulher que desenvolve diabetes gestacional, que engorda muito a chance dela ser diabética alguns anos depois é maior. Mesma coisa hipertensão.
Melissa também percebeu que, ainda dentro da barriga, Rafael curtia os exercícios.

“Eu chegava bem mais disposta, sem inchaço nos pés, nas mãos, dormia melhor. Ele também eu via que não ficava tão agitado depois do exercício físico assim. Chegava em casa ele se mexia um pouco, dava uns chutes e depois parava e dormia melhor a noite”, lembra.

Mas qual a atividade física adequada para uma gestante? E por quanto tempo. Com qual intensidade?

O melhor guia é a percepção da futura mamãe. Se o exercício for desconfortável ou cansativo demais provavelmente a intensidade está muito elevada. Um bom teste para detectar isso pode ser um simples bate-papo.
Para Anelita, que era hipertensa, os exercícios são indispensáveis. “Na minha gravidez eu estou sem medicamento, só exercício e alimentação. Esse é o segredo: exercício e alimentação saudável”, afirma a educadora física Anelita Helena Del Vechhio.
E já é rotina: duas vezes por semana, alongamentos e caminhadas na praia. Anelita já se acostumou às mudanças no equilíbrio do corpo.
“Quando a mulher está gestante os passos são mais lentos, fica um pouquinho mais difícil. Provavelmente em outro momento eu faria isso em 15 minutos menos tempo. Mesmo assim é gostoso. Dá uma sensação boa de alívio, bem-estar”, revela.
Três vezes por semana ela vai para a academia. Faz exercícios para reforçar a musculatura das costas e treinamento para aumentar a força. Mas atenção: tudo isso tem que estar adequado à saúde da gestante.


“As gestantes que tem hipertensão descompensada, que tem alguma doença cardíaca não controlada principalmente, gestantes que tenham alguma, muito sedentárias, sedentarismo extremo elas não devem iniciar uma atividade física de uma hora pra outra na gestação” alerta o professor de ginecologia e obstetrícia Marcelo Leal Sclowiez.
A regra é buscar orientação do educador físico e do médico. Porque vale a pena deixar a preguiça de lado!
Bebês de gestantes que fazem exercícios têm menos tendência à obesidade quando adultos. E os pesquisadores descobriram que a atividade das mães pode influenciar no próprio comportamento dos filhos.
“A gente percebeu que as crianças aos quatro anos, as filhas de mães ativas têm um comportamento, elas têm uma pré-disposição a brincar mais com o corpo do que ficar paradas em casa”.
Então, Anelita que se prepare. Toda essa ginástica vai mesmo ser útil para acompanhar o pique da menininha que vem por aí!
“Que me dê trabalho nesse sentido. Esse vai ser um trabalho prazeroso”, afirma a futura mamãe
   

  Fonte: Globo Repórter, dia 7 de maio

  

02 maio 2012

Fofura dBb

Meninas,

Olha minha clientinha super fofa num modelito Onça, super descolada e antenada na moda!!
Beijos

Sophia por dBb

24 abril 2012


Como lidar com o ciúme das crianças quando nasce um irmão
O ciúme quando nasce o irmãozinho é o sentimento mais natural do mundo. Com muito jeito, paciência e estratégia, dá para superar essa fase


Para grande alívio dos pais, o ciúme, além de normal, pode levar a uma competição sadia que ajuda os dois irmãos a crescer. É difícil, porém, pensar nesse lado positivo quando o mais velho começa a ter dificuldades para dormir, "desaprende" a calçar os sapatos se a mamãe não ajudar ou volta, por exemplo, a usar fralda e a fazer xixi na cama. A pura verdade é a seguinte: mesmo usando toda a psicologia do mundo, dificilmente os pais conseguirão fazer uma criança pequena adorar a idéia de ter um irmãozinho.
E, quando chegar, são imensas as probabilidades de ser recebido com agressividade mais ou menos explícita. Um amiguinho do Lucas foi apanhado em flagrante apertando a manta no rosto da irmã recém-nascida "para ela parar de chorar". Outra foi surpreendida trepada no berço, enfiando os dedos nos olhinhos do bebê. Pedir para os pais devolverem o intruso ou fingir que ele não existe (fazendo, por exemplo, desenhos da família só com "mamãe, papai e eu") são atitudes bastante comuns.
Mesmo a menina de 3 anos que pegou o irmão no berço e estava prestes a jogá-lo na lata de lixo apenas dava vazão a um naturalíssimo desejo de se livrar da concorrência.
 Veja só o que os especialistas recomendam para amenizar esse primeiro ano de ciumeira e sufoco:
 - Lembrar sempre que o ciúme e a vontade de agredir são naturais e nunca dizer que a criança está sendo má ou fazendo uma coisa feia.
- Esforçar-se para lhe dar a mesma atenção de antes.
- Ter em casa brinquedos novos embrulhados para presentear o mais velho sempre que o outro ganhar um.
- Elogiar os progressos dele para que não fique tentado a se comportar como um bebê.
- Evitar que o caçula use objetos do outro (berço, mamadeiras, carrinho) se perceber que ele não está feliz com a idéia. Menos ainda, forçá-lo a dividir brinquedos.
- Falar e mostrar fotos do tempo em que ele também era bebê.
- Não cair na tentação de deixar o pai dar dedicação total ao mais velho como compensação - só aumentará a sensação de que a mãe não tem mais tempo para ele.
- Mostrar ao ciumento as vantagens de ser mais velho - sabe falar, andar, fazer um monte de coisas sozinho.
- Providenciar brinquedos que permitam à criança dar vazão à agressividade - massinha, material para desenho e um tambor são boas idéias.
- Não exigir silêncio por causa do bebê. Recém-nascidos são capazes de dormir em meio à maior confusão e o outro ficará mais ressentido.
Nada disso significa, porém, que as crianças vão crescer às turras. Mas é bom saber que tal fase de rejeição agressiva - mais comum quando a mais velha tem entre 1 e 3 anos - não passa tão depressa assim.
Os especialistas calculam que leva em torno de um ano e piora por volta dos 4, 5 meses da mais nova - época em que se torna mais "perigosa", porque já faz gracinhas - e outra vez perto do primeiro aniversário - aí, a rival deixou de ser um simples bebê.
Em compensação, se os pais (em especial, a mãe) souberem levar a coisa com jeito, podem transformar cada novidade do caçula numa manifestação de afeto pelo outro tipo "viu só?, o sorriso da Duda era só pra você!". Dar uns tapas, como a mãe de Lucas às vezes tem vontade de fazer, é uma atitude compreensível, mas nem pensar: até porque a criança vai se sentir no direito de também bater no bebê por pura vingança.

Fonte: Revista Claudia

20 abril 2012

Saúde


Meninas,


Tudo bem?
Hoje quero que vocês conheçam o meu querido ginecologista:
Dr. Lister de Macedo Leandro
Ele faz uma recomendação muito importante para quem planeja engravidar:

Flavia Tojal Fotografia
   "- Os três meses que antecedem o início da gravidez são muito importantes para que a mulher tome alguns cuidados como o uso do ácido fólico. O ácido fólico, hoje, nós sabemos está muito evidente que ele previne os distúrbios do fechamento do tubo neural do futuro recém-nascido O que é o tubo neural? É o futuro cérebro, a  futura coluna  do bebê e quando a mulher faz o teste de gravidez que acontece com 5, 6 semanas de gravidez o tubo neural já se fechou e é aí que a gente vê se houve algum problema no fechamento do tubo neural a criança pode ter anencefalia, ausência  do cérebro,  pode ter fechamento da coluna, quer dizer nós temos , espinha bifida são problema seríssimos nos recém-nascidos. Então, se  a mulher tivesse tomado o acido fólico  três meses antes do período que ela engravidou, teria evitado isso. E hoje, a gente  sabe que principalmente aquelas usuárias de  fumo, de drogas, a de medicamentos como anticonvulsivantes uma série de remédios que também diminuem muito o ácido fólico no organismo."

Ele cuidou de mim nas minhas duas gestações, eu simplesmente amei, foi como um pai! Graças a ele os meus filhos estão aqui cheios de saúde!


Um Beijo grande, dr. Lister
Nós adoramos você!


LISTER DE MACEDO LEANDRO, GINECOLOGISTA E OBSTETRA DA SANTA CASA DE SÃO PAULO E DA MATERNIDADE SÃO LUIZ, É MÉDICO.

19 abril 2012

Amamentação


 Dicas que você precisa saber 
para amamentar o seu bebê com sucesso!

Amamentar é um ato natural e de amor. É a melhor forma de alimentar, proteger e amar o seu bebê.
A amamentação é um processo fisiológico, natural, mas que precisa ser aprendido, tanto a mãe quanto o bebê.

Nesta matéria queremos dar um pouco de informação e dicas para amamentar com sucesso e poder desfrutar de uma experiência única, que é a amamentação.
Durante a gravidez, a preparação dos mamilos para amamentar é muito importante.
As massagens para modelar os mamilos; a aplicação de diversos tipos de cremes e a fricção dos mamilos, não são eficazes como forma de preparação para amamentação e não evitam o aparecimento de problemas, como a rachaduras, sangramentos ou mamilos dolorosos.
A aplicação de álcool ou a lavagem dos mamilos com sabontes especiais, esfregar com bucha,  aumenta a incidência de problemas.
Por isso,  a melhor maneira de preparar o seu mamilo é que 
sejam lavados apenas com água.
Posso não ter leite suficiente para o meu bebê ?
A imensa maioria das mulheres pode produzir leite suficiente para os seus filhos.
A causa principal que leva as mulheres a pensar que não tem leite suficiente é a  falta de informação, falta de apoio e de conhecimentos técnicos.
Quando o bebê mama no peito, estimula as terminações nervosas das glandulas mamarias, que farão com que você produza mais leite. Ou seja quanto mais o bebê mama, mais leite a mãe produz.
Por isso, as mães que têm gêmeos conseguem produzir leite suficiente para dois bebês. (eu não sei não....hahaha)
E se o meu leite for fraco?

Não existe leite fraco!
Se alguém te falar de "leite fraco" é porque está mal informado sobre aleitamento materno.
O leite humano tem um aspecto mais aguado do que o leite de vaca porque o leite de cada espécie de animal é quimicamente adequado para as respectivas crias (por exemplo, o leite de vaca é quimicamente ideal para alimentar bezerros). 
Para uma amamentação bem sucedida é particularmente importante aprender a posicionar corretamente o bebê ao peito e a fazer com que ele “agarre” corretamente a mama. 

Espero que tenha ajudado algumas de vocês…
Eu volto com mais dicas..

Beijão 
Marcella Garcez


18 abril 2012

Nomes

Uma curiosidade..


Nomes dos bebês mais dados no ano passado!


O nome Miguel é a grande novidade do ranking 2011 de nomes de bebê do BabyCenter Brasil. Miguel ultrapassou o super campeão Gabriel, que liderava a lista dos meninos havia anos e agora caiu para o terceiro lugar. Entre as meninas, Julia é o nome mais usado, seguido muito de perto por Sophia. 

O BabyCenter Brasil faz todos os anos um levantamento cuidadoso dos nomes dos bebês cadastrados no site. Ao longo de todo o ano de 2011, o número passou dos 60 mil bebês. É a lista mais completa desse tipo existente no Brasil. Ela leva em conta diferenças de grafia e nomes duplos. Assim, Maria Eduarda e Maria Clara são considerados dois nomes diferentes, e não apenas "Maria". 

Veja então os nomes preferidos dos papais e mamães em 2011! 
Miguel e sua mamãe
Sophia com a mamãe e irmãozinho


Meninos: 1o lugar - Miguel, 2o lugar - Davi, 3o lugar - Gabriel. 
Meninas: 1o lugar - Julia, 2o lugar - Sophia, 3o lugar - Isabella. 


Tem uma lista de nomes com seus significados, muito boa, super completa neste site, clique aqui: Nomes de bebes.
Eu adoro ficar lendo o significado de cada nome…


Divirtam-se


Beijos, até mais


Marcella Garcez

16 abril 2012

OI Meninas,


Tudo bem?
Momento Glamour na dBb….hahahaha!!
Na quinta-feira passada (12 de abril) tivemos uma visita pra lá de importante na nossa loja do Itaim.
A simpaticíssima Ana Elena Massa, mãe do nosso querido piloto de fórmula 1 - Felipe Massa -  ela veio nos prestigiar, veio comprar o enxoval da sua netinha, Manu,  que está a caminho, na barriga de sua filha (irmã do Felipe Massa) Fernanda Massa casada com Rodrigo Leivas Devoto. Ficamos muito felizes com a sua presença, Ana. Que a Manu venha iluminar ainda mais a família de vocês!

Ana Elena Massa e Leonor Garcez (proprietária da dBb)

Beijao
Marcella Garcez
Equipe dBb

12 abril 2012






Para passear com o seu bebê!!

Olga Stein Birman

A lembrancinha da filha de Johanna e Alexandre Birman é um… Sapatinho!


Bem-vinda ao mundo Olga Stein Birman! Nasceu, às 11h28 desta segunda-feira (09.04), em São Paulo, a primeira filha do casal Johanna e Alexandre Birman. E a lembrancinha da maternidade da pequena, como não poderia deixar de ser, são chaveiros no formato de um sapatinho de gatinho. Cute!
Pés de princesa: a recém-nascida Olga já tem um closet recheado de sapatos. Tudo porque o pai coruja mandou fazer 18 versões infantis de modelos da coleção da Schutz para a filhinha – tem desde espadrille até sapatilha de glitter.
pastedGraphic_1.pdf
Fotos: Marina Chiapinotto e Divulgação

11 abril 2012

Baby memories

Semana que vem nas lojas dBb vamos ter “Baby Memories”

Uma idéia muito legal, moldes de gesso, para guardar o tamanho da mãozinha ou pezinho do seu bebê! 
Pode ser um album de fotografia, um quadrinho ou um porta retrato com 12 fotos!




10 abril 2012

Olá, meninas,
Hoje vamos conversar um pouco com a Fernanda Massa. Sócia da Villa Hype, irmã do piloto Felipe Massa e futura mamãe.

Fernanda Massa com os pais, Ana Elena Massa e  Luiz Antonio Massa

Andréa - Olá Fernanda, tudo bem? Conta prá gente um pouco da emoção de estar esperando o primeiro filho.
Fernanda -Olá a todos, adoro o blog da DBB e sempre salvo no meu computador os posts que são muito interessantes para uma mãe de primeira viagem como eu. 
Estou muito feliz com a minha gravidez, ela foi super planejada e estou achando muito diferente o crescimento da barriga, que cresce a cada dia e me divirto com a Manu mexendo. Todos da minha família estão super corujas e está sendo um momentinho muito especial da minha vida. 

Fefe Massa esperando a Manu
Andréa - O que você prioriza na hora de fazer o enxoval?
Fernanda - Eu priorizei as roupinhas mais confortáveis de algodão,  que todo mundo me aconselhou que é a melhor coisa para o bebê se sentir bem. 
Um item que me falaram que é muito importante são as fraldinhas de boca, quanto mais você tiver, melhor 
Já comprei tudo que precisa do básicão como mamadeira, babá eletrônica, roupinhas do dia a dia, carrinho e etc.
 Agora vou focar nas roupinhas de maternidade.

Andréa - Como você está se preparando para receber seu bebê?
Fernanda - Meu médico não me deixou ler nenhum livro, a única coisa que leio é um app do ipad que se chama baby center, super básicão mas acho bem interessante.
Leio alguns blogs como o da dbb, o askmi e o da constance babies e continuo com minha vidinha normal, porque acho que a melhor coisa é estarmos com a cabeça ocupada.

Andréa - Fernanda, quais os cuidados que você tem com o corpo, alimentação?
Fernanda -  No corpo estou usando um creme manipulado que a minha dermatologista indicou  que alterno com o mustela. Faço Pilates, musculação, esteira, transport, hidroginástica de vez em quando e sempre que dá caminho com meu marido. 
Faço drenagem linfática uma vez por semana. Uso muito protetor solar no rosto, fator 90. E quanto a alimentação, priorizo o arroz integral e tento evitar os doces durante a semana, mas está muito dificil, porque sonho com brigadeiro, chocolate e tudo que é doce. Estou comendo muita fruta também, porque gosto bem mais de frutas do que verduras. Outra coisa importante é comer de 3 em 3 horas.

Fe Massa com o Maridão Rodrigo




Andréa - Fernanda, agora vamos falar um pouquinho sobre a sua vida profissional! Conta prá gente o que é a Villa Hype.
Fernanda - A Villa Hype é uma marca de roupas para mulheres jovens e elegantes. Montei a Villa Hype com uma amiga de infância, Carolina Xavier, em 2010, a loja fica no itaim, pertinho da DBB, na rua Dr. alceu de Campos Rodrigues, 419

Andréa - E como surgiu a marca?
Fernanda - Foi uma ideia que surgiu em 2004, mas saiu do papel só em 2010. Eu sempre trabalhei na área da moda, atendendo as contas da Track&Field, ABIT  e Guaraná Brasil, entre outras. Trabalhei tambem no marketing de uma marca de moda praia e a Carol ( minha sócia) sempre acompanhou a mãe dela, que tem uma confecção. Acabamos montando a Villa Hype que é a nossa paixão.



Andréa - O que será destaque para o inverno?
Fernanda - O destaque desse inverno são as peças com aplicações em dourado e grafite e os vestidinhos de renda.

Andréa - Fernanda é nosso costume pedir para o entrevistado compartilhar com a gente um conselho, uma dica que recebeu. O que é marcante prá você?

Fernanda - O Maior conselho que recebi para uma gravidez saudável, foi caminhar todo dia durante 40 minutos, comer de três em três horas, sempre que tiver um tempinho deitar do lado esquerdo e curtir muito a gravidez porque é um momento de muita paz e muito amor.

Andrea - Fe, muito obrigada por aceitar conversar com a gente, foi uma delicia o nosso papo! Dá pra sentir a sua alegria, Parabéns pela Manu!
Quando quiser falar mais alguma coisa é só nos procurar..

Beijao a todas, espero que tenham gostado!